domingo, 30 de outubro de 2011

Na corda bamba...

E aí blogueiros e pejoteiros! Hoje é domingo, dia do Senhor, dia de reunião da PJ² ! \o/ Você já decidiu o que vai fazer hoje? Vai à missa? Vai à PJ²? Você sabe para onde quer ir? Hoje trago um texto do Blog Revolução Jesus sobre estar na corda bamba, decidir-se, caminhar e não cair... Acompanhe!

Na corda bamba...

Qual o ritmo certo pra minha vida? Como não usar um overclock no meu processador que logo logo vai queimar a máquina?

Monsenhor Jonas Abib usa uma linda e precisa imagem pra definir sua missão: “eu digo que sou como um menino que anda na corda bamba, e quem anda na corda bamba não pode parar, pois se parar, cai.”

Pra mim esta é uma precisa imagem do caminhar em Deus! Em primeiro lugar, equilíbrio! Ninguém se atreve a acelerar na corda bamba. Cada passo é importante. Tem seu tempo. Deve ser pensado. Precisa ter um ritmo que condiz com o objetivo final que é chegar (inteiro) do outro lado.

Quando se anda na corda bamba (veja, o verbo não é correr!) apesar de todo o cuidado com cada passo, não se olha os passos, mas a meta, o objetivo! O olhar está fixo onde se quer chegar! Você tá olhando pra onde na sua vida? Será que a gente não se perdeu olhando cada coisinha, tendo um monte de desesperozinhos com o que é urgentíssimo e esquecendo o que é importante? Onde a sua corda está amarrada? É na vontade de Deus como nos lembrou o Zapparoli? Nossa corda tem que estar amarrada em dois pontos: ela sai da nossa história e se estende até o Eterno!

Como caminhamos pro eterno, mais uma vez Monsenhor Jonas está correto: não podemos parar. Parar é cair na certa. Quem nos sustenta nesta caminhada sempre em frente é o Espírito Santo, nosso auxílio e consolador! Peço liberdade pra te dizer que ele é o “cara” que diz: – Coragem, tô junto! Não caminho por você, mas te dou ânimo e sustento! Me escuta brother, que além de caminhar decididamente, você vai sentir seu coração em Paz e perceber que fica cada vez mais livre e feliz!

Por último, mas não menos importante, quero voltar no ritmo da passada… Como a corda bamba é real mas não é física (rsrsrs) e a gente sabe que caminha nela, mas não a vemos, a tentação de acelerar é intensa! Quem encontrou a Cristo e não quer CORRER rumo a eternidade? Quem não quer correr com o anuncio de Cristo a todos os povos e lugares?

No entanto, o mestre e modelo, não correu. O caminho, a verdade e a vida se apresentou entre nós sem afobamentos, sem desesperos. Durante 30 anos trabalhou anonimamente e por 3 anos e meio CAMINHOU decididamente entre nós.

Fica o desafio: seguir Jesus Cristo! No ritmo dos seus PASSOS.

Caminhando, fica a responsabilidade de construir tudo com solidez, com cuidado, com eficácia, para que a arvore plantada produza frutos e frutos em abundância muito tempo depois que chegarmos na nossa meta eterna pessoal.

Aí a desculpa de que “só deu pra fazer assim” porque eu estava “correndo”, não cola mais. Cola?

Revolução Jesus - Canção Nova

Fiquem com Deus!

Um comentário:

  1. Amar é decisão.
    ja dizia Emmir..... hihihih
    Denise

    ResponderExcluir